ESTE BLOG É PARA VOCÊS.

Faça um bom uso do conteúdo das postagens. Deixe seus comentários, mas lembre-se que este é um blog para estudos.
Sugira vídeos, filmes, músicas, textos, desenhos e mapas. Participação é muito bem vinda.
Clique no marcador de seu ano para acessar rapidamente o conteúdo de sua apostila.
Lembre-se: esta é uma atitude sustentável, uma vez que estamos diminuindo a quantidade de papel utilizada.
Se cada um fizer sua parte, teremos um mundo melhor no futuro.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

TEXTO DA FEIRA CULTURAL - 9º ANOS


DIREITOS HUMANOS (9ºA e C)

            São direitos inerentes a todos os seres humanos, independente de sexo, nacionalidade, etnia, idioma, religião ou qualquer outra condição.
            Incluem o direito à vida, à liberdade, à liberdade de expressão e opinião, o direito ao trabalho e à educação, entre outros. Todos merecem esses direitos sem discriminação.
            A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi elaborada em 1948 como uma norma comum a ser alcançada por todos os povos e nações. Ela estabelece a proteção universal dos direitos humanos.
            Legalmente, os direitos humanos são protegidos pelo Direito Internacional, fundamentado na Declaração Universal. Nenhum deles precisa ser conquistado – já pertencem a cada um de nós, simplesmente por sermos seres humanos. E não podem ser retirados de nós – ninguém pode nos privar deles.

ANISTIA INTERNACIONAL (TODOS)

            Organização presente em mais de 150 países baseada no princípio de que os direitos humanos são para todos, sem exceção.
            A Anistia assume o compromisso de agir para que esse princípio tão fundamental se torne realidade. Sua marca é a solidariedade àqueles que lutam por seus direitos, bem como o ativismo (ações). São independentes de governos, ideologias políticas, interesses econômicos ou religiões. Não aceitam verbas de governos e suas finanças originam-se no apoio de membros e simpatizantes.
            A Anistia oferece uma rede para que todos possam combater as injustiças, para que possam se unir e exigir o respeito aos direitos humanos. Há muitas formas de ação, como campanhas globais, apoios locais, acompanhamento de comunidades, petições, movimentos de solidariedade, ações urgentes e organização de abaixo assinados.

AMÉRICA LATINA (9ºB)

            A violação dos direitos humanos foi um dos pontos mais importantes e marcantes da história da América Latina.
            Desde a chegada de Colombo os povos indígenas são vistos como obstáculos aos interesses comerciais. Tornaram-se objetos de ameaças, assédio, desalojamentos forçados, deslocamentos e homicídios, caracterizando um dos mais gritantes processos de genocídio da história.
            No passado, a violência contra índios e negros estava vinculada à questões de discriminação. Hoje não podemos esquecer as condições de pobreza extrema a que são submetidos quase 1/5 da população latino-americana. Situação que perpetua elevados índices de violência e ausência de segurança pública.
            Séculos de lutas, séculos de cultura. Apesar de tantos obstáculos, a identidade latino-americana sobrevive nas manifestações culturais, na diversidade étnica e na dignidade de um povo orgulhoso de sua origem. 

Um comentário:

  1. quantas assinaturas conseguimos mesmo sora ???

    ResponderExcluir